Como serao oshábitos de consumo depois do período de quarentena

Como serão os hábitos de consumo depois do período de quarentena?

A pandemia do novo coronavírus instalou novos hábitos de consumo que prometem ser duradouros, mesmo depois do período de quarentena. As mudanças indicam perigo para as empresas que não buscam adequação.

A alteração do estilo de vida e das prioridades das pessoas, muda também a percepção que elas têm sobre as marcas que consomem. Não é de hoje que o cliente busca conexão e espera que as empresas se posicionem em situações importantes que atinjam toda ou uma boa parcela da sociedade.

Pesquisas indicam que os consumidores são afetados desde já e estarão muito mais criteriosos em seus gastos depois de uma possível normalização do funcionamento do comércio.

Estamos no prazo máximo para o planejamento e tomada de ação para as empresas que pretendem sobreviver ao cenário pós quarentena. Confira algumas tendências:

Consumo online dispara e veio para ficar

Se até a medicina já é feita à distância, outros serviços menos complexos se viram obrigados a oferecer conforto com as vendas online. Mesmo os mais velhos e a população de cidades mais interioranas já se adaptaram aos serviços de delivery que, inclusive, vinham crescendo antes mesmo da pandemia.

Na pós-quarentena é possível que a gente observe duas situações: pessoas ainda com medo de sair para as ruas e pessoas que já se habituaram com a facilidade de entrega na porta de casa. Sendo assim, estruturar seu negócio para oferecer com excelência produtos ou serviços online, é um investimento que garantirá sua permanência no mercado a longo prazo.

Marcas que conversam e ensinam o consumidor

Neste período em que a maioria da população está em casa, as pessoas estão muito mais online e buscando alternativas de como aproveitar o tempo ou de como fazer por conta própria um serviço que antes contratava. Se você quer que sua marca seja lembrada na hora de uma compra, use os meios de contato com o consumidor para oferecer conteúdo de valor, que agregue conhecimento. Mas não é qualquer assunto, precisa ser coerente com o interesse dos seus clientes. Não é à toa que o marketing de conteúdo vem crescendo tanto.

A ideia central dessa estratégia é mostrar empatia pelo momento e criar um relacionamento forte com o cliente. Mostrar que a marca é útil não só para o momento de compra, mas também está presente no cotidiano.

A reinvenção da oferta

Alguns segmentos, principalmente de serviços, sofrem com dois fatores: o fechamento do comércio não essencial e o movimento de independência por parte do consumidor. Isso vai exatamente de encontro com o tópico anterior, em que pontuamos que as pessoas estão buscando formas de se virarem sozinhas em casa.

O que muitas empresas estão apostando é na reinvenção da oferta. Uma rede de salões de beleza, por exemplo, está impedida de prestar o serviço, mas não de oferecer produtos que podem ser manuseados em casa e ensinar como realizar a manutenção dos cabelos até que o comércio reabra.

Esse foi um exemplo simples, mas muito claro de como os empreendedores estão captando as mudanças de consumo e adaptando seus negócios para uma nova realidade.

O que você pretende fazer para que o seu negócio continue atendendo às necessidades do seu cliente? Você já estava atento a esses hábitos de consumo que prometem ficar mesmo depois do período de quarentena? Planeje agora mesmo e aja o quanto antes. Se precisar de ajuda, estamos à disposição para uma conversa!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *