LEADS: O QUE SÃO E POR QUE INVESTIR NELES?

A ascensão do Marketing Digital trouxe a tona um termo que, atualmente, faz parte de toda estratégia:  o lead. Ele é fundamental para o crescimento das empresas e, para o adquirir e amadurecer, a aposta é em bons conteúdos e relacionamento.

Seja qual for o segmento do negócio, se vende online ou não, o lead é de extrema importância. Continue lendo e entenda o por que.

O que são leads?

Os leads são possíveis consumidores que disponibilizaram certas informações pessoais ou profissionais para uma empresa em troca de alguma recompensa. Se lembra de alguma vez que você tenha preenchido um formulário com, pelo menos, seu nome e e-mail para obter algum material online? Neste momento, você se tornou um lead!

No momento em que o usuário cai em uma base de leads, ele é considerado um possível cliente. A partir de então, o processo de nutrição desse lead começa, ou seja, ele passa pelo chamado “funil de vendas”. Lá no topo, recebe informações mais genéricas sobre a temática do seu produto/serviço; no meio, ele têm acesso à conteúdos com informações mais precisas; no fundo, ele já está num relacionamento com a sua empresa e já pode acontecer o primeiro contato para venda.

Pode acontecer do lead esfriar no caminho, ou de já entrar sem perspectiva de ser rentável, mas tudo é uma questão de aplicar a estratégia correta.

Por que investir na captação de leads?

Antes de mais nada, é preciso entender que a isca para esses usuários será a disponibilização de conteúdo ou material de grande interesse para um público em específico. As chamadas “lading pages” são os formulários onde a pessoa informa seus dados em troca de um e-book, uma série de vídeos, um infográfico, um guia ou informações sobre seu produto.

Existem muitas vantagens em investir em planejamento e ações para captação de leads, e aqui, vamos elencar as principais delas:

–  Especificar e segmentar seus potenciais clientes:

Quando se trabalha com um público alvo, as informações sobre ele são muito abertas e mais difíceis de serem controladas. Um lead, mesmo que no topo de funil, já é mais qualificado por ter demonstrado real interesse em um conteúdo específico relacionado à solução que sua empresa oferece. Desta forma, é muito mais fácil de atingir os potenciais clientes, sem gastar rios de dinheiro.

 – Melhorar o relacionamento com o consumidor:

Lembra que falamos sobre o funil de vendas? Uma vez desenhado, é hora de alimentar seus leads com conteúdo relevante e estreitar o relacionamento com eles. Você pode oferecer esclarecimento de dúvidas frequentes, mostrar seus cases, convencê-lo de que você é autoridade no assunto, até que ele passe do marketing para as vendas.

– Mensurar os resultados de campanhas:

No Marketing Digital, não se espera o fim de toda uma campanha para saber o resultado, mas sim, há um acompanhamento diário. A capacidade de mensuração de campanhas onde se lida diretamente com a ação do lead é muito mais eficiente e real. Por exemplo, se você enviou um e-mail marketing oferecendo um conteúdo, em poucas horas é possível compreender se tal material foi bem aceito, se está correto para aquela fase do funil, entre outras métricas.

Ao fim, tudo o que se trabalha com os leads é para um propósito: gerar conversão. Se o planejamento e investimento estiverem bem alinhados, as taxas de conversão aumentam em todos os meios (blog, site, e-mail e etc). Quanto maior a base de leads, mais oportunidades para o seu negócio!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *